Busca Rápida

Curtir

Receba Notícias

ENDEREÇO

Rua Di Cavalcanti, 1852
Vila Portes - Foz do Iguaçu-PR.

(45) 3522-4002

 WHATSAPP

 (45) 99973-9942

369411
Hoje
Ontem
Esta Semana
Este Mês
Mês Passado
Total
354
177
2178
6871
14269
369411

Formas de Pagamento

Online

Temos 12 visitantes e sem membros em linha

Cuidado com a correia dentada!


Se existe uma peça no carro que pode causar um grande prejuízo é a correia dentada.

Separamos para vocês algumas dicas e curiosidades sobre esta peça do motor que assusta muitos motoristas quando tem problemas com ela. Confira

 

Como evitar a quebra da correia e o consequente prejuízo

Cantar pneu, reduzir a marcha drasticamente ou dar tranco no motor para fazê-lo pegar são atitudes que devem ser evitadas. Mas a melhor forma de prevenir a quebra da correia é fazer a substituição dentro dos prazos estabelecidos no manual do proprietário. Na maioria dos carros ela deve ser substituída a cada três anos ou 50 mil quilômetros, o que ocorrer primeiro. Se o motorista obedecer às recomendações descritas no manual dificilmente terá problemas.

Existe algum sintoma de que ela esta prestes a romper?

Este é o grande problema. Ela não costuma dar nenhum aviso de que pode romper. Por isso muitos motoristas são surpreendidos com as quebras. Geralmente a correia dentada fica protegida por uma capa de plástico, o que dificulta a avaliação de seu estado. 

Para checar as condições da correia, é preciso, com o veículo desligado, retirar a capa protetora e procurar sinais de trincas na borracha ou lona desfiada. Se encontrar alguns desses sintomas, procure um mecânico e faça a substituição imediatamente.

Cuidados especiais

Se for comprar um carro usado com mais de 50 mil quilômetros, é importante fazer a troca para não correr nenhum risco. Se tiver alguma dúvida sobre a procedência do veículo, também é aconselhável realizar a troca, pois a quilometragem pode estar adulterada. Outro cuidado é substituir também o respectivo esticador da correia dentada (peça que mantém a correia esticada), pois se o esticador travar e permitir que a correia pule fora das polias, o estrago no motor será o mesmo.  

 

Quer saber mais sobre o assunto, clique neste link abaixo! 

https://goo.gl/S0Odjf